quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Paulo da Gama

Navio Paulo da Gama dos Transportes Marítimos Graciosences, hoje, em descarga, no porto da Madalena.

Fotos em 30.12.2010 (10:15 e 13:15 h)

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

CRUZEIRO DO CANAL (Em serviço)

Cruzeiro do Canal a fazer a carreira Madalena - Horta às 18:00 em 28.12.2010.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Curso para Marítimos



Formandos em provas praticas num curso ministrado por Pedro Ferreira para cédulas marítimas , aptidão de pesca e arrais, hoje, no porto da Madalena.

Fotos em 27.12.2010 (14:35 h)

sábado, 25 de dezembro de 2010

MEMÓRIAS - Janeiro 1978


Fotos do serviço de passageiros no porto velho da Madalena efectuado pela lancha "Espalamaca" em Janeiro de 1978. O inicio da construção do novo porto só viria a acontecer em Junho do mesmo ano.
Na época, a lancha "Espalamaca", era a maior unidade da antiga frota da ELP (Empresa de Lanchas do Pico).
Comprimento: 17,46 mts; boca: 4,17 mts; pontal:1,65 mts; tonelagem de arqueação bruta: 33,03. Possuía dois motores Cummins NT885M2.
Lamentavelmente, hoje, esta emblemática embarcação, encontra-se em estado de morte lenta nos Estaleiros do Porto da Madalena.

A tragicomédia dos transportes marítimos (Segundo acto)

http://www.correiodosacores.net/index.php?mode=noticia&id=31007

Então, e a prenda de Natal?

"Depois de três meses e meio em reparações, o "Cruzeiro do Canal" recebeu o certificado de navegabilidade do IPTM.”

"O navio de passageiros vai operar nas ilhas do triângulo a partir de amanhã, 25 de Dezembro. A Transmaçor volta, a partir de agora,a ter, de novo, dois barcos à disposição."

*****

Esta era a boa noticia que nos chegava através da Antena 1 Açores. Verdadeira prenda de Natal para passageiros, serviço regional de saúde, governo regional, publico em geral, etc... Dada a importância da noticia, e apesar de ser dia de Natal, “Porto da Madalena” saiu de máquina em punho e foi registar o momento.

13:35 entrava a lancha no porto da Madalena, máquina preparada e..., espera lá que das 3 uma, ou foram os excessos do natal, ou é falta de vista ou então aquela lancha era de novo o ... CRUZEIRO DAS ILHAS.

Que se lixe, fica na mesma o registo.

Fotos em 25.12.2010 (13:35 h)

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

FELIZ NATAL

Adamastor embandeirado em arco no porto da Madalena em 1967

A todos os leitores, seguidores, amigos e colaboradores, "porto da Madalena" deseja um Feliz e Santo Natal

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Sua Majestade, a maravilha...

...com manto branco.

Foto em 22.12.2010 (12:30 h), a pedido de leitores de "porto da Madalena"

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

ALBUM FOTOGRÁFICO - Porto do Calhau

Foto de 1902, os barcos "Boa Fé" e "Caridade" a prepararem-se para a varagem com o mar revolto no porto do Calhau.

AMBULÂNCIA MARÍTIMA

Desde há muito que "porto da Madalena" vem sugerindo que as ilhas do triângulo deveriam estar servidas por um barco ambulância. Um barco que estivesse de prevenção 24 horas por dia, rápido, seguro, equipado com todos os meios semelhantes aos de uma ambulância moderna, que fizesse o transporte de doentes com dignidade, não os misturando com outros passageiros, turistas, cabazes com inhames e morcela, “garrafães” de tinto ou os tradicionais espectadores de beira do cais.

Alguém poderá pensar que o novo centro de saúde riscado para a Madalena resolverá todos os problemas, mas a articulação com o hospital da Horta irá sempre existir. As evacuações vão sempre acontecer.

Ao ler a edição 887 de 17.12.2010 do Ilha Maior achei interessante que para além do PP de Manuel Serpa (líder local), numa posição anteriormente defendida, agora fosse a vez do professor Anibal Pires, deputado do PCP pelo circulo de S. Miguel, a reivindicar aquilo que há muito deveria ser uma realidade, a existência de um barco ambulância, pois de momento além das condições “rascas” em que os doentes são transportados, ainda estão proibidos de adoecer entre as 18:45 e as 24:00.

Senhores Políticos, espero que nunca experimentem a sensação de vos verem nesta situação. Um dia um amigo de "porto da Madalena" contou a sua experiência: "...ao ver minha mulher grávida naquela maca foi como se toda a minha vida estivesse exposta na praça pública... não se admite nos dias de hoje..."


segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Manutenção Naval



Trabalhos de manutenção nos estaleiros da Naval Canal à Coral da Horta e à areeira recentemente adquirida na Irlanda pela "Mareocidental", ainda em processo de certificação.

Fotos em 20.12.2010 (16:45 h)

domingo, 19 de dezembro de 2010

MEMÓRIAS - 1978

Foto no porto da Horta na primavera de 1978. Ao fundo o navio Terra Alta e o Espírito Santo, ancorados o barco Manuel José e a lancha Cetáceo (na altura com o registo H-18-B). Sobre o cais o Adamastor. Frente ao plano o lanchão da Bensaude Lusitânia. No plano identificam-se o Porto da Madalena, atuneiro Carmona e à direita o atuneiro San Diego. À direita em primeiro plano a Velas e em segundo a Calheta.

sábado, 18 de dezembro de 2010

MEMÓRIAS - CALHETA

Carreira das 13:30 efectuada pela lancha Calheta da Empresa de Lanchas do Pico em Abril de 1969. Na velha rampa do porto estão os barcos da Madalena (Adamastor e Rival) e também os da Areia-Larga (Picaroto e Manuel José) provavelmente devido a más condições de ondulação para varagem no seu porto.
Uma observação: hoje seria impossível a uma embarcação com o calado da Calheta (1,30) estar naquele sitio devido ao progressivo assoreamento deste espaço portuário.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Novos Navios - Quatro Propostas

A empresa Atlanticoline divulgou na passada 3ª feira ter recebido 4 propostas para a construção dos novos navios de 37 metros destinados a operar com passageiros e viaturas no triângulo Pico, Faial e S. Jorge. De Portugal chegou proposta da "Naval Ria" de Aveiro, de Espanha "Astilleros Armon" e "Union Naval Valencia" e da Holanda os "Damen Shipyards".

Venham Mais...

Ao navio Liberiano LUEBBERT veio juntar-se o navio Português da BoxLine APOLO vindo do porto da Horta para o ancoradouro do porto da Madalena, para dar lugar ao navio MONTE BRASIL.
Cabem mais!

Foto em 16.12.2010 (14:15 h)

Operação de Resgate

Regresso dos marinheiros ao navio Liberiano "LUEBBERT" estacionado no ancoradouro do porto da Madalena (Areia-Larga), após observação no hospital da Horta por motivo de intoxicação. Registe-se que foi o rebocador "Ilha de S. Luis" da APTO (na foto junto ao navio) a fazer as operações de resgate. A bordo terão ficado 7 tripulantes que neste momento irão ser observados por um médico que se deslocou o navio a bordo do rebocador.

Foto em 16.12.2010 (15:00 h)

ANCORADOURO - INTOXICAÇÃO A BORDO




Uma imagem que se vai tornando habitual este inverno. Devido à falta de condições portuárias no Pico para barcos de maiores dimensões quando a ondulação é de Leste (teria sido na Madalena mas os políticos assim não entenderam), os barcos vão estacionando no ancoradouro fora da Areia-Larga.
Desde ontem está lá abrigado o navio "LUEBBERT" com bandeira e registo da Libéria. Este cargueiro tem um comprimento de 190 mts, boca 24 mts e um pontal de 10,70 mts.

Entretanto "porto da Madalena soube que doze tripulantes do cargueiro liberiano foram evacuados esta madrugada para o hospital da Horta com sinais de intoxicação.

O cargueiro fundeou no ancoradouro da Madalena do Pico para que a tripulação pudesse ser retirada.
Os tripulantes foram intoxicados com um produto químico utilizado para conservar o milho que o navio transporta.
O graneleiro viajava entre o Canadá e Gilbraltar.

Fotos em 16.12.2010 (09:30 h), localização AIS: "localizatodo"

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

CECILIA A - Certificado

O navio recentemente adquirido na Noruega pela Empresa de Barcos do Pico e neste momento em Lisboa (Seixal), já obteve luz verde do IPTM para navegação comercial em Portugal. A saída de Lisboa está prevista para 7 de Janeiro de 2011, obviamente dependendo das condições meteorológicas.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

O CONDOR

Foto do verão 1984, daquela que foi durante muito tempo a maior e melhor traineira da Cofaco: "O Condor". Com o Sr. Jaime Marcos como mestre, era nos anos 70 e 80 uma das traineiras que mais pescava, chegando mesmo a atingir as 300 ton's. Foi abatida ao efectivo nos finais da década de 80 com a chegada da nova geração de atuneiros em fibra de vidro. O nome Condor foi mais tarde atribuído a uma dessas novas traineiras.

HOMENS DO MAR

Adamastor no porto velho da Madalena em finais dos anos 60. Este era um tempo em que não havia paus de carga no barco ou guindastes motorizados em terra. O porto da Madalena à semelhança do porto da Areia Larga ou Calhau, apenas possuía uma tolda de madeira com guincho manual.
Estas são algumas dessas grandes figuras que fizeram a história dos transportes neste canal: (da esquerda para a direita) Manuel "Alonso", José Alberto, mestre António José, maquinista José Augusto, contramestre José Tonim, Manuel "Burreca" e Manuel Maria.

sábado, 11 de dezembro de 2010

"CONTA-ME COMO FOI"

Rua Maria da Glória Duarte

Foto de 1970 da Rua Maria da Gloria Duarte (antigamente também conhecida por Rua do porto da Calheta), onde são visíveis os estragos provocados pela fúria do mar do norte.

Final da Machado Serpa junto ao Campo de futebol S. José Operário

Estragos provocados pela mesma tempestade junto ao campo de futebol da Madalena (antigamente conhecido por S. José Operário). Por cima do muro do campo consegue-se observar a silhueta do antigo barracão que servia de sede ao clube e há muito desaparecido para dar lugar ao Entreposto frigorífico.

*****

Para os mais novos ficam fotos de hoje (11.12.2010) obtidas nos mesmos locais e exactamente dos mesmo ângulos.
Rua Maria da Glória Duarte

Final da Machado Serpa junto ao Estádio Municipal

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Estragos do Mau Tempo

Os fortes ventos do quadrante Leste já fizeram alguns estragos visíveis no hangar do Estaleiro da Naval Canal no porto da Madalena. É a 4ª vez que esta nova cobertura sofre danos em 8 anos. Culpas ao vento ou à concepção da obra?

Foto em 09.12.2010 (13:00)

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Mau Tempo Continua



Com uma ondulação de NE de 4,20 e vento do mesmo quadrante com rajadas da ordem dos 55 Km, imagens da saída do Cruzeiro das Ilhas na sua ligação Madalena-Horta às 13:45 h.

Fotos em 08.12.2010 (14:50 h)

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

O Ponta Delgada


Lançado à agua em Lisboa nos estaleiros da Navalis em Abril de 1961, o navio Ponta Delgada faz a sua primeira viagem interilhas nos Açores em finais de Janeiro de 1962. Propriedade da Empresa Insulana de Navegação, tinha uma arqueação bruta de 1054 ton's, 67 metros de comprimento, 10,20 de boca e um motor de 1575 hp que lhe proporcionava uma velocidade de 13 nós. Alojava 138 passageiros em camarotes e 262 de salão num total de 400. Tinha umas linhas que em alguns aspectos faziam lembrar o navio Funchal em versão reduzida. Em 1974, na sequência da revolução de Abril muda a sua propriedade para a recém constituída CTM. O Ponta Delgada esteve ao serviço dos Açoreanos durante 22 anos, até Outubro 1984, quando foi imobilizado em Lisboa devido à dramática situação financeira da CTM, proprietária do Ponta Delgada. O então 1º ministro, Dr. Mario Soares, decreta a liquidação da companhia.


O navio é comprado em Setembro 1985 pela Contramar por 15.000 contos. Em 1986 é modernizado pela Lisnave e altera a sua cor para branco integral. No mesmo ano efectua alguns cruzeiros no Algarve. Em 1988 ainda viajou na costa de Moçambique e no final desse ano regressa a Lisboa ficando imobilizado devido à falência do seu armador.






Abandonado ao vandalismo no cais do “poço do bispo” em Lisboa, dá-se o seu afundamento em Junho de 2001. Em 2007, após imensas burocracias sobre quem era o pai do "menino", inicia-se no mesmo local onde afundou, o seu desmantelamento.

Assim termina sem glória nem brilho a história daquele que provavelmente terá sido o mais emblemático e serviçal navio que durante tantos anos garantiu as ligações interilhas no arquipélago dos Açores.

Bibliografia: Paquetes Portugueses de L. M. Correia

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Lancha da Tarde

Movimento do Cruzeiro das Ilhas às 17:45, dia 05 de Dezembro, e como já vem sendo habitual quase todos os dias e em todos os horários, a presença de ambulâncias.

Foto em 05.12.10 (17:45 h)

domingo, 5 de dezembro de 2010

ABRIGO

Com uma ondulação de 4,60 de SE e vento muito forte de NNE, o porto da Madalena a fazer o seu melhor como porto de abrigo neste dia de Sábado 04 de Dezembro.

Foto em 04.12.2010

sábado, 4 de dezembro de 2010

Presenças na "Naval Canal"

A reduzida frota atuneira: "Mestre Afonso", "Maria Leontina", "Milão" e "Ponta dos Arcos"

No Hangar: "Pérola S. Mateus" e "Maria José"

Lancha "Cetaceo" da APTO

As relíquias: Picaroto, Espalamaca, Renato Alexandre, Adamastor e...

...Calheta.

Na rampa o areeiro da Mareocidental

Fotos em 04.12.2010