sábado, 3 de dezembro de 2011

Memórias - A Varagem

Antes da construção do novo porto, com inicio apenas em Junho 1978, os "barcos do Pico" eram varados todos os dias. Às vezes, apesar da experiencia das suas tripulações, as coisas não corriam bem. Bastava uma ondulação do quadrante Norte mais "pesada" e corria-se o risco da embarcação "atravessar" no momento do "encalhamento". Quando isso acontecia instalava-se grande confusão, nervosismo e uma enorme gritaria na rampa e no cais: o barco não podia ser puxado pois havia o risco de partir a quilha e para reposicioná-lo era necessário recorrer ao guindaste de mão instalado na ponta do cais. Á custa de muita força de braços na manivela e homens em risco na beira d´agua, lá se puxava o barco de novo para o mar para uma nova tentativa de varagem.
Na foto, um desses momentos em 1971 protagonizado pelo barco "Rival"

Sem comentários:

Enviar um comentário