sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Terminal de Passageiros

Começaram as obras do novo parque de estacionamento que irá estar ligado à nova gare em construção. Nos próximos meses a capacidade para estacionamento de viaturas ligeiras particulares vai ficar reduzida ao mínimo junto da gare actual. Como parque alternativo, será utilizado o terreno a norte das casas de apresto. Eng. Camilo, técnico responsável, diz entender os constrangimentos mas explica que esta obra teria que começar de imediato para que na época alta já se possa disponibilizar este novo parque aos utentes. 
Em relação ao edifício, o engenheiro reconhece que existe algum atraso mas que este fica a dever-se à colocação de estacaria para suporte das "sapatas". Previam-se estacas até 12 metros quando a maioria está a ultrapassar os 20 metros de profundidade. Na perfuração encontram algumas camadas de basalto a profundidades inferiores mas estas não apresentam espessura suficiente para serem usadas como "rocha mãe". Entretanto, o responsável pela obra ainda coloca os meses de Verão como meta para o terminus do edifício. 
O novo cais acostável já se encontra numa fase bastante adiantada prevendo-se a sua conclusão nas próximas 3 semanas.
Colocada a questão se o calendário de rebentamentos iria entrar nos meses de Verão Eng. Camilo disse que não, embora tivesse tido alguns "problemas" com os explosivos, o desmanche de rochas vai ficar concluído para muito breve. Adiantou ainda que a "pedra do salão" (afloramento rochoso á saída do porto velho) apesar de estar ainda visível, já estava partida e pronta para ser removida com uma máquina.
O acesso que foi construído junto ao "cais da graciosa" para apoio aos trabalhos de remoção de baixas, será totalmente retirado no final de obra. A Direção do Ambiente tem em sua posse fotografias das rochas que suportam o acesso para garantir que depois da sua remoção tudo fica como dantes. 
Nota do autor: Não seria mais inteligente após a remoção dos baixios dar um pequeno arranjo aquele esporão que actualmente contribui para a melhoria das condições de mar dentro do porto velho e sinaliza de forma eficaz aquela zona perigosa que tantos barcos arrombou e tantas vidas "ceifou" (Ex: barco Amigo do Povo).  

Fotos em 22.02.2013