quinta-feira, 30 de julho de 2015

Sagres

Bonitos registos da presença do navio-escola SAGRES na passada segunda-feira 27/07/2015 no porto das Lajes das Flores numa reportagem fotográfica de José Capitão

Memorias - Grumete Silva

Nome: GRUMETE SILVA.
Tipo: Embarcacao de Pesca.
Indicativo: CUXI.
Bandeira: Portugal.
Porto de Registo: Horta.
Matricula: H-172-C.
Ano de Construcao: 1988.
Data de Entrada ao Servico: 02/01/1989.
Estaleiro: Estaleiro Miramar- Santo Amaro, Pico, Acores.
Construcao de Casco: Madeira.
Comprimento Fora a Fora: 30,80 metros.
Comprimento entre Perpendiculares: 26,35 metros.
Arqueacao Bruta: 149,00 toneladas.
Porte Bruto: 160,00 toneladas.
Potencia de Maquina: 496,00 kw.
Tipo de Engrenagem: Potes e Armadilhas.

Registo cancelado no dia 12 de Abril de 2007.

Foto e ficha técnica enviados por Paulo Peixoto

Gilberto Mariano

Registo do navio "Gilberto Mariano" ao fim da tarde de hoje (29/07) no terminal de passageiros do porto da Madalena e em primeiro plano um curioso pé de bananeira "plantado" no cais comercial.

RUINAS


Dia da Defesa Nacional


Hoje (29/07/2015) foi o dia da Defesa Nacional. A bordo do NRP Baptista de Andrade no porto de São Roque a rapaziada cá do burgo foi sensibilizada para a temática da defesa nacional e sobre o papel dos 3 ramos das Forças Armadas.
A comparência neste evento é um dever militar obrigatório para todos os cidadãos portugueses que cumpram 18 anos de idade (M/F).

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Areia Funda

É com satisfação que verificámos na Areia Funda já terem sido efectuadas as limpezas e pequenas reparações reclamadas pelos utentes desta zona balnear.

Foto de Pierre Sousa Lima

Porto de Vila do Porto - "Caras" conhecidas

"Natacha Filipa " e "Génova" a 21 de Julho no porto de Santa Maria,
"Mestre Afonso" na mesma escala em 23/07...
e "Flor do Pico" em 25/07.

Imagens e informações de Nuno Pedro



sábado, 18 de julho de 2015

Les Sables - Horta - Les Sables com novos recordes

NOTA DE IMPRENSA
LES SABLES – HORTA – LES SABLES [3]

(Dois recordes de tempo batidos na edição deste ano da regata SHS)
  
Dois recordes de tempo de navegação foram esta sexta-feira batidos no final da segunda etapa da quinta edição da regata Les Sables / Horta / Les Sables para iates da Classe 40 (embarcações com 12 metros de comprimento), sendo o mais significativo aquele que fixa uma nova marca na ligação marítima entre os Açores e França, agora estabelecida em apenas 4 dias, 17 horas, 38 minutos e 30 segundos.

A dupla  francesa Yannick Bestaven / Pierre Brasseur, no veleiro de última geração “Le Conservateur”, foi a protagonista deste tempo fulminante (à média impressionante de 15,1 nós), que suplanta em 21 horas o registo na posse da equipa Jean-Edouard Criquioche e Jacques Fournier, que com o iate “Groupe Picoty” completara em 2011 as 1270 milhas de viagem da Horta a Sables d’Olonne em 5 dias, 14 horas, 46 minutos e 26 segundos.

O veleiro “Le Conservateur” passa a deter, entretanto, também o melhor tempo final acumulado, feita a soma às duas etapas desta competição internacional, o qual agora se situa em 11 dias, 19 horas, 30 minutos e 31 segundos, fazendo cair um recorde já com seis anos, que datava de 2009 e pertencia ao veleiro “Telecom Itália”, da dupla Giovanni Soldini / Karine Fauconnier, na altura com 12 dias, 17 horas, 34 minutos e 38 segundos de navegação de alto mar.

Até ao final da tarde desta sexta-feira já quatro veleiros tinham concluído a regata, em França. O segundo na meta foi o “Solidaires en Peloton ARSEP”, da equipa Thibault Vauchel-Camus / Victorien Erussard, ambos gauleses, que chegaram a Sables d’Olonne com mais 1 hora, 17 minutos e 46 segundos que os primeiros e que nas contas finais foram vice-campeões da prova, com 12 dias, 2 horas, 32 minutos e 17 segundos de percurso global.

Em terceiro lugar à chegada da segunda etapa ficaram os também franceses Louis Duc / Yves Sales, no iate “Carac Advanced Energies”, com 4 dias, 23 horas, 42 minutos e 8 segundos de viagem, pouco menos que a dupla gaulesa Bertrand Delesne / Nils Palmieri, do “TeamWork 40”, que fez o tempo de 4 dias, 23 horas, 50 minutos e 55 segundos, mas que face à vantagem de cerca de duas horas que traziam da primeira etapa acabaram por conquistar o último lugar do pódium neste competição.

Os velejadores cumpriram as 1270 milhas náuticas entre os Açores e a costa oeste-atlântica de França com condições muito favoráveis de mar e vento, confirmando-se o favoritismo do skipper do “Le Conservateur”, Yannick Bestaven, um dos mais destacados concorrentes da frota - no seu currículo avulta o primeiro lugar na Transat Jacques Vabre, em 2011 (na Classe 40) e, ainda, a vitória na Transat 6.50 de 2001, para solitários, em embarcações ‘mini’.

Recorde-se que a regata Les Sables / Horta / Les Sables (regata que pôde ser seguida no site www.lessables-horta.com) é organizada pela municipalidade francesa de Sables d’Olonne, com a colaboração estreita com a novíssima Associação Les Sables d’Olonne Vendée Course Au Large e com a Associação Class’ 40, ambas agremiações também gaulesas.

Esta prova tem, ainda, os apoios do Conselho Regional do Pays de la Loire, do Conselho Geral de Vendée, do Port Olona e da Associação Náutica de Bourgenay, sob os auspícios da Federação Francesa de Vela. Nos Açores a regata conta com a coordenação logística da Comissão Náutica Municipal da Horta, que integra a Câmara Municipal da Horta, o Clube Naval da Horta, a Portos dos Açores S.A. e a Associação Regional de Vela dos Açores, recebendo o apoio do Governo dos Açores.

Horta, 17 de julho de 2015

(Comissão Náutica Municipal da Horta - Açores)
           
Para informações técnicas, outros pormenores e entrevistas, contactar:
Armando Castro [Marina da Horta] – tlm. 963.698.864


Responsável Procura-se!

"Quem é a entidade responsável pela zona balnear da Areia Funda?"

Esta foi a pergunta que foi colocada por Pierre Sousa Lima ao blog "porto da Madalena" e sobre a qual acrescentou:

"Já em plena época balnear, à semelhança das obras que aconteceram em Agosto de 2013, as escadas de inox estão partidas e cheias de perigosos limos, tal como as escada em cimento, também de acesso ao mar, o que é de todo inaceitável por colocar em risco os muitos utentes daquele aprazível zona balnear da Madalena, sobretudo agora com o grande crescimento do turismo que felizmente se tem verificado na Ilha Montanha. Vou enviar a reclamação e as fotos da situação a (...), com conhecimento de (...), sobre esta situação que infelizmente se repete todos anos desde que o meu saudoso sogro Tomaz Duarte impulsionou a construção daquele aprazível local.
Eu estava lá aquando das obras 2013, feitas com falta de segurança no meio dos banhistas, que até denunciei publicamente no grupo Facebook Açores Global do qual sou co-fundador e administrador.
Quanto ao seu blog esteja totalmente à vontade para publicar (...). Aliás agradeço que o faça na tentativa de acordar a consciência destas entidades, até porque, excluindo a reparação da base da escada, basta um pouco de cal e/ou lixívia para resolver rapidamente e sem grande custo esta situação."

Porto S. Roque

Foto da bacia portuária de São Roque. Em primeiro plano o lugar do antigo mercado de peixe e ao fundo o navio Sete Cidades da Transinsular no cais comercial.

Foto de Paulo Azevedo em 17/07/2015

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Lusitânia

Transporte hoje (17/07/2015) entre Flores e Corvo de contentores e um camião de bombeiros destinado ao Aeródromo daquela ilha. 

Fotos de João Nicolau e José Capitão

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Açoriana

Traineira "Açoriana" a descarregar cerca de 7 toneladas de bonito para o entreposto da Madalena.

Foto em 15/07/2015

terça-feira, 14 de julho de 2015

Lusitânia

Lusitânia esta manhã (14/07/2015) com viaturas ligeiras, industriais e material de construção com destino ao Corvo.

Fotos de José Capitão e João Nicolau

Bela Aurora

Traineira Bela Aurora com registo na Horta estacionada no cais comercial do porto de Vila do Porto em 10/07/2015.

Fotos de Nuno Pedro

Traineiras no porto da Madalena

Traineiras estacionadas na tarde de ontem (13/07/2015) no cais comercial do porto da Madalena

São Roque

Baía do porto de São Roque numa perspectiva captada por Paulo Azevedo em 13/07/2015

quinta-feira, 9 de julho de 2015

Iates na Madalena

Presença em simultâneo de 3 iates no porto da Madalena. Se existissem as estruturas previstas para a Areia Funda, sem dúvida o numero de visitantes seria muito maior.

Foto em 09/07/2015

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Porto de São Roque

Perspectiva do porto comercial de S. Roque por Paulo Azevedo (06/2015)

Regata Oceanica: Les Sables - Horta - Les Sables

NOTA DE IMPRENSA
LES SABLES – HORTA 2015 [1]

(Regata cumpre primeira etapa, com chegada de veleiros à Horta)

A dupla de navegadores franceses Yannick Bestaven / Pierre Brasseur, no veleiro de última geração “Le Conservateur”, venceu domingo, dia 5, nos Açores, a primeira etapa da quinta edição da regata Les Sables / Horta / Les Sables para iates da Classe 40 (embarcações com 12 metros de comprimento), competição que largara a 28 de junho daquela cidade francesa.

Os vencedores cumpriram as 1470 milhas náuticas entre a costa oeste-atlântica de França e a ilha do Faial em 7 dias, 1 hora, 52 minutos e 1 segundo, com uma vantagem de mais de cinco horas e meia sobre os segundos na meta, Thibault Vauchel-Camus / Victorien Erussard (“Solidaires en Peloton ARSEP”), também gauleses.

Estas equipas foram as únicas que conseguiram terminar a primeira metade da prova até ao final do dia de domingo, tendo outros três veleiros concluído a etapa ao longo da madrugada de segunda-feira, com a dupla francesa Bertrand Delesne / Nils Palmieri (“TeamWork40”) a fechar o pódio, com 7 dias, 15 horas, 33 minutos e 30 segundos de viagem de alto mar.
Já em cais seguro na Marina da Horta estão também Louis Duc / Yves Sale, de França (“Carac Advanced Energies”) e os italianos Massimo Juris / Pietro Luciani (“Colombre XL”), que arribaram aos Açores ainda antes dos primeiros alvores da manhã do primeiro dia útil desta semana, entre as 4:00 e 5:15 horas da matina.
Ao início da tarde concluiu também esta parte da competição a única navegadora em competição, a francesa Catherine Pourre, que faz equipa com Goulven Royer, no iate “Earwen”, devendo o mesmo acontecer ainda hoje com a dupla gaulesa Manuel Cousin / Gérald Queouron (“Groupe Setin”).

Na cauda do pelotão, a mais de 120 milhas da linha de chegada, ao princípio da tarde desta segunda-feira, encontravam-se os representantes da Holanda, Ben Korner / Kj Sollie (“Masai”), que somente no dia de terça devem chegar à baía da Horta.

A competição deste ano, destinada como habitualmente a equipas de dois tripulantes, congrega 16 navegadores (8 veleiros envolvidos, portanto), ficando aquém dos 18 iates de 2013, dos 14 da edição de 2011 e dos 10 de 2007. O recorde de participação, 24 veleiros, foi atingido em 2009, um ano excecional em número de participantes.

A Classe 40 de veleiros de competição foi criada em 2004, tem presentemente 74 skippers inscritos na respetiva associação, 143 embarcações registadas, englobando 15 provas no seu calendário do corrente ano e traz agora aos mares do arquipélago dos Açores dois iates muito recentes – o “Le Conservateur” e o “Solidaires en Peloton ARSEP”, que entraram na frota somente em 2014.

O skipper do “Le Conservateur”, Yannick Bestaven, é o mais destacado concorrente em competição este ano, tendo ganho em 2011, tal como agora, a primeira etapa da prova, na ligação aos Açores, na altura fazendo equipa com Christophe Bouvet, no veleiro “Aquarelle.com”. No seu currículo avulta o primeiro lugar na Transat Jacques Vabre, em 2011 (Classe 40) e, ainda, a vitória na Transat 6.50 de 2001, para solitários, em embarcações ‘mini’.

Recorde-se que a regata para iates à vela da Classe 40 Les Sables / Horta / Les Sables (www.lessables-horta.com) se desenvolve entre a cidade francesa que é mundialmente famosa por ser ponto de partida e meta da «Vendée Globe» – a circum-navegação para solitários, sem escalas e sem assistência, em embarcações de 60 pés, que se realiza de quatro em quatro anos – e a ilha do Faial, onde a marina da Horta é também mítica, internacionalmente, para o universo de navegadores e velejadores que anualmente cruzam o Oceano Atlântico Norte.

A Les Sables / Horta / Les Sables é uma prova bienal que se iniciou em 2007, na altura com destino à Madeira, e que tem desde 2009 rumado aos Açores, num percurso total de 2540 milhas náuticas, registando como recordistas a dupla Giovanni Soldini / Karine Fauconnier, com o veleiro “Telecom Italia”, que completou a prova de 2009 num total de 12 dias, 17 horas, 34 minutos e 38 segundos.
Giovanni Soldini e Karine Fauconnier são também os detentores do recorde desta prova no percurso de França para os Açores (em 2009), com 6 dias, 11 horas, 55 minutos e 6 segundos, enquanto o melhor tempo no sentido da Horta para Sables d’Olonne pertence, desde 2011, à dupla Jean-Edouard Criquioche e Jacques Fournier, que com o iate “Groupe Picoty” completou as 1270 milhas de viagem em apenas 5 dias, 14 horas, 46 minutos e 26 segundos.

A regata Les Sables / Horta / Les Sables é organizada pela municipalidade francesa de Sables d’Olonne, com a colaboração estreita com a novíssima Associação Les Sables d’Olonne Vendée Course Au Large e com a Associação Class’ 40, ambas agremiações também gaulesas, sendo diretor de prova Denis Hugues, personalidade muito conhecida no meio náutico francês, europeu e transatlântico.

Esta prova tem, ainda, os apoios do Conselho Regional do Pays de la Loire, do Conselho Geral de Vendée, do Port Olona e da Associação Náutica de Bourgenay, sob os auspícios da Federação Francesa de Vela. Nos Açores a regata conta com a coordenação logística da Comissão Náutica Municipal da Horta, que integra a Câmara Municipal da Horta, o Clube Naval da Horta, a Portos dos Açores S.A. e a Associação Regional de Vela dos Açores, recebendo o apoio do Governo dos Açores.

A segunda etapa da regata Les Sables / Horta / Les Sables, de regresso a França, largará da ilha do Faial, nos Açores, na tarde do próximo domingo, 12 de julho, pelas 15:02 horas (do fuso do arquipélago insular português).

Horta, 6 de julho de 2015

(Comissão Náutica Municipal da Horta - Açores)

Para informações técnicas, outros pormenores e entrevistas, contactar:
Armando Castro [Marina da Horta] – tlm. 963.698.864


Porto de Vila do Porto

Traineira "Pesca Atum" ao inicio da tarde do dia 2/07/2015 no porto de Vila do Porto para descarregar atum.
As fotos são de Nuno Pedro

segunda-feira, 6 de julho de 2015

Marina do Porto Velho

Foto da "marina" do Porto Velho no final da tarde de ontem 05/07/2015